Missão e Visão

A OSZ tem por missão a promoção ativa da dignidade da pessoa humana, com especial relevo para a dignificação da mulher, a defesa da vida e o apoio à família, segundo os princípios da Fé Católica, intrínsecos nos escritos do fundador, Mons. Joaquim Alves Brás. Para isso, a sua identidade assenta em três pilares fundamentais: a formação, a solidariedade e a evangelização.

A OSZ tem como VISÃO a transformação da sociedade, a partir de um crescimento harmonioso e integral da pessoa e da família, coadjuvando os serviços públicos competentes e outras instituições, em espírito de solidariedade humana, social e cristã. A OSZ acredita que esta transformação está nas mãos daqueles que sabem cuidar a vida e a realidade que vêm.

 

Valores e Princípios

A OSZ define a sua atuação com base num conjunto de VALORES, mediante o desenvolvimento de atividades educativas, de formação e culturais, bem como a prossecução de respostas sociais e de evangelização.

> Família

No lar descobrem-se as coisas mais importantes da vida. É na família que se aprende a ser,replicas relojes a estar e a relacionar-se com os outros. A educação que se recebe refletir-se-á no comportamento futuro e no modo como a sociedade se constrói. 

> Vida e respeito pela dignidade

A natureza unitária da pessoa humana e o respeito pela sua dignidade. A necessidade de aperfeiçoamento espiritual, moral, cultural e social de todos os membros da comunidade da instituição e da sua envolvente.

> Fraternidade e inclusão

O incentivo do espírito de convivência humana como fator decisivo do trabalho em comum tendente à valorização integral das pessoas e das famílias. A promoção de um espírito de integração comunitária de modo a que a população e os seus diversos grupos se tornem promotores da sua própria valorização.

> Solidariedade e responsabilidade social

O desenvolvimento do sentido de solidariedade e da criação de estruturas de partilha de bens. A prioridade à proteção das camadas mais desfavorecidas ou às pessoas atingidas por calamidades, mobilizando para tal o recursos humanos e materiais necessários à criação e manutenção de estruturas de apoio às famílias ou a determinados setores da população, como a idosos, aos jovens ou às crianças.

> Caridade cristã e cooperação

Os benefícios da cooperação com os grupos permanentes ou ocasionais que no âmbito local ou regional se ocupem da promoção, assistência e melhoria de orologi repliche vida das populações. A utilidade de recurso a grupos de trabalho tecnicamente preparados e devidamente qualificados.